PESQUISA

28 de abril de 2017

Prevenção foi a marca de abril na Usinas Itamarati

No Dia da Segurança e Saúde do Trabalho, em homenagem às vítimas de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, a empresa encerra o “Abril Verde”

Comunicação Usinas Itamarati

O dia 28 de abril foi instituído pela Organização Internacional do trabalho como o dia mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças Relacionadas ao Trabalho e como o dia oficial da Segurança e da Saúde. Anualmente, em todo o país, são realizadas diferentes manifestações para alertar a sociedade sobre a importância da prevenção na execução das tarefas laborais.

A data encerra a campanha Abril Verde na Usinas Itamarati, que foi marcada pela participação maciça dos trabalhadores. A área de Segurança percorreu todos os setores discutindo o tema e disseminando a cultura prevencionista. A campanha teve início com uma palestra na indústria, promovida pelos cipeiros, durante a Reunião de Segurança Programada (RSP). Ministrada pelos técnicos de segurança Leandro e Samuel Junior, de Tangará da Serra, a palestra contou com a presença de 50 trabalhadores e abordou a história em torno da data, dados estatísticos de acidentes no Brasil e a necessidade do planejamento para o desenvolvimento das tarefas cotidianas, uso adequado de EPIs, atenção e capacitação.

Percorrendo a empresa

“A campanha é de fundamental importância ao divulgar o trabalho saudável, seguro e sem acidentes”, explica Victor Hugo Amorim, engenheiro de Segurança do Trabalho da Usinas Itamarati. Para envolver toda a empresa, os cipeiros e os técnicos de segurança do trabalho utilizaram-se dos Diálogos Diários de Segurança (DDS) para disseminar as informações pelas áreas Agrícola e Industrial, Gerência de Manutenção Automotiva, Unidade de Empacotamento Assari e Tecnologia da Informação.

Para encerrar o mês, Clair Batista da Silva, supervisor de Segurança do Trabalho avisa: ”Abril simboliza a Campanha, porém o trabalho para reforçar a cultura da prevenção não vai parar nunca. Evitar os acidentes e as doenças ocupacionais é trabalho de todo mundo, individual e coletivamente”.

Galeria de Fotos