PESQUISA

24 de janeiro de 2017

As mulheres marcam presença no agrícola e na indústria na Usinas Itamarati

Ocupam cargos de liderança, desempenhando funções como de gerentes, supervisoras, coordenadoras e analistas líder (sênior)

CanaOnline

A Usinas Itamarati (UISA), localizada em Nova Olímpia, MT, conta com mais de 200 mulheres no quadro fixo, ocupando cargos administrativos e operacionais, tanto na indústria como no agrícola. Atualmente a Itamarati possui 15 mulheres em cargos de liderança, desempenhando funções como de gerentes, supervisoras, coordenadoras e analistas líder (sênior).

Para Cinthia Xavier Martins de Lima, gerente de Recursos Humanos, as mulheres têm características peculiares, como disposição para se qualificar mais, acumulando maior tempo de estudo, além de dedicação, sensibilidade, organização e uma visão mais ampla por conta de suas multitarefas. Não é à toa que “as mulheres vêm conquistando um maior espaço no mercado de trabalho”.

E no setor sucroenergético não poderia ser diferente. “Temos mulheres engenheiras, biólogas, psicólogas, pedagogas, advogadas, relações públicas, administradoras, contadoras, operadoras de máquinas agrícolas, motoristas de carreta e veículos leves, mecânicas, secretárias, enfermeiras, técnicas de enfermagem, técnicas de segurança, operadoras de processos industriais, trabalhadoras rurais, aprendizes, almoxarifes, compradoras, frentistas, etc”, enumera Cinthia.

Neste setor, segundo ela, a mulher pode trabalhar em qualquer função, desde que ela seja selecionada e esteja qualificada. Mas lembra que a mulher ainda é apontada como a principal responsável pelos cuidados com os filhos e afazeres domésticos. “Cabe às empresas terem um novo olhar sobre essas mulheres, apoiando suas necessidades pessoais e sociais, incentivando-as a irem em frente e a se qualificarem continuamente. A Usinas Itamarati vem tentando fazer a sua parte neste processo de mudança e inclusão.”

Cinthia participará como debatedora no VI Encontro Cana Substantivo Feminino, que acontece em 16 de março, de 2017, no Centro de Cana do IAC, em Ribeirão Preto, SP. Informações e Inscrições grátis pelo site: www.canasubstantivofeminino.com.br.