PESQUISA

15 de fevereiro de 2017

Transbordos de alta capacidade reduzem custos de CCT? Sim!

Redução do pisoteio das soqueiras, da compactação do solo, do tempo de manobra, de máquinas no campo e economia de combustível são alguns dos fatores que convenceram o setor de que estes transbordos são a melhor opção

RPA News – por Natália Cherubin

Na Usinas Itamarati, localizada em Nova Olímpia, MT, que começou a utilizar os transbordos de alta capacidade em meados da safra 2013/14, os benefícios estão mais do que comprovados. Prova disso, é que a empresa já possui 14 implementos destes, o que corresponde hoje a 30% da frota de VT (Veículos Transbordo) da empresa. Segundo o gerente agrícola da Usinas Itamarati, Jari de Souza, o planejamento é continuar substituindo a frota de transbordos de menor capacidade por equipamentos maiores.

A experiência da unidade mostra que houve redução na potência dos tratores, do diesel por tonelada e no gasto com pneus devido à diminuição do conjunto de dois equipamentos para apenas um, o que também garantiu um aumento no rendimento (toneladas/horas) dos tratores.

“A redução nos custos é o principal motivador do uso da tecnologia, que melhorou o rendimento da colheita, facilitou a finalização da carga para o operador da colhedora, reduziu muito nosso tempo de descarga e a compactação. Melhorou rendimento de colheita em mais de 5% quando comparado com equipamentos menores, devido ao maior tempo de atendimento a colhedora e maior facilidade de acabamento da carga”, afirma Souza.

Clique e leia a matéria completa..